Veja porque o consumidor deve anotar o número do protocolo ao reclamar

As vezes, algum produto ou serviço, não superou as suas expectativas, ou o atendimento prestado por alguma empresa, não foi satisfatório!

Por estes e vários outros motivos, existem diversas reclamações, e hoje através deste pequeno artigo, vamos entender qual é a utilidade de anotar o número de protocolo fornecido depois de algum atendimento.

Geralmente, é uma sequência de números fornecida pelo SAC de empresas, é bom sempre ter em mãos papel e caneta para anotar o protocolo fornecido, pois o mesmo é fundamental caso a reclamação, tenha de ser encaminhada a agências reguladoras!

Quando um cliente, consumidor registra uma reclamação, sobre algum produto ou serviço, através do canal telefônico fornecido por alguma empresa, no final do atendimento recebe uma sequência de números que na verdade em alguns casos dá até preguiça de anotar.

Mas este protocolo no entanto, poderá ser fundamental caso a empresa protele a solução do caso, este protocolo, caso seja necessário poderá ser utilizado como um instrumento de reclamação através das agências reguladoras (ANS, Anatel, Banco Central, Aneel) e a partir daí ser utilizado como documento para formalizar a queixa, junto aos órgãos de defesa do consumidor.


E quem dá esta super orientação é o Procon - SP através de seu blog educativo.

Todas as empresas reguladas no poder público federal (planos de saúde,telecomunicações,instituições financeiras) estão sujeitas as regras do Decreto 6.523/2008 da Portaria 2.014/2008 onde regulamentam os serviços direcionados ao Atendimento ao Consumidor, popularmente conhecidos como SACs.

Todas essas empresas devem, entre essas e outras obrigações, fornecer para você um número de protocolo da ligação, e resolver em até 5 dias úteis.

A primeira vista, o número do protocolo que geralmente ouvimos parece não ter assim tanta importância, mas somente com este número do protocolo é possível solicitar a gravação daquela conversa com o SAC da empresa regulada, não deixe de anotar o número fornecido, e anote também a data de sua ligação!

Alguns fornecedores que não são regulados, na maioria dos casos, nem sempre fornecem este número de protocolo, porque não existe essa obrigação determinada pelo decreto do SAC, neste caso é sempre bom anotar alguns dados da ligação como o dia e horário, e se possível não deixe de anotar também o nome do atendente.

Existem também outras formas de recorrer, que se sentiu lesado, insatisfeito, poderá fazer contatos usando outros meios como, chat, as redes sociais, e e-mails, embora sejam bons canais, mas recomenda-se não adicionar seus dados pessoais, onde estas informações poderão ser vistas por outras pessoas, mas ainda assim com tantos meios, o contato telefônico não poderá ser descartado jamais, mesmo que não seja algo agradável a se fazer, os direitos dos consumidores, em primeiro lugar!

E você? Tem o costume de anotar o número de protocolo fornecido?