Números do e-commerce brasileiro em 2013 e projeções para 2014 segundo a ABCoom

Que as lojas virtuais são um verdadeiro sucesso na internet, isso não resta dúvidas, em vendas elas se tornaram uma grande referência, também pela facilidade de comprar na internet!

E os preços dos produtos, que na verdade são imbatíveis acabam caindo nas graças dos consumidores, além de fazerem uma grande economia, não deixarão jamais de comprar um produto de qualidade, e o melhor sem sair de casa!

A prova deste grande sucesso, é que somente no ano de 2013 o e-commerce brasileiro fechou com um belo faturamento de R$ 31,11 bilhões,  segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCoom). Este resultado se deve a um crescimento de 29%, em relação ao ano de 2012.



O ano fechou com um número de 53 milhões de e-consumidores, as categorias acessórios e modas, beleza e saúde, eletrodomésticos, informática e eletrônica foram as que mais se destacaram durante este período.

Mesmo com a desaceleração da economia e, com o aumento nas dívidas do brasileiro, o e-commerce do Brasil faturou ainda assim, mais 10 milhões de novos consumidores no ano de 2013, é isso de fato foi uma contribuição para que o setor “congelassem” as  taxas médias de crescimento nestes últimos anos, diz Mauricio Salvador  que é presidente da ABCoom.

Para 2014 a previsão é que este setor deverá movimentar cerca de R$ 39,5 bilhões, isso nós dá uma ideia de um crescimento de 27% relacionado ao ano passado. Já imagina-se que, a “Copa do Mundo deverá alavancar as categorias de material esportivo e eletrônico principalmente, já que estas são bem sucedidas, bem fortes no e-commerce”. Isso sem contar que, os investimentos em infraestrutura, e a chegada da tecnologia 4G irá atrair novos consumidores para o mundo e-commerce.

Então, com R$ 31,11 bilhões e-commerce brasileiro fecha 2013 e em 2014 deve faturar 39 bilhões segundo a ABComm