Google já está valendo quase R$ 1 trilhão

Google, uma empresa bem famosa e sucedida, é uma empresa multinacional de vários serviços online e software dos Estados Unidos!

O Google hospeda, e desenvolve vários serviços e produtos todos eles baseados em internet e gera um altíssimo lucro principalmente através dos recursos e publicidade do AdWords.A empresa foi fundada por Larry Page e Sergey Brin.

Para os acionistas do Google o ano de 2013 foi incrível, e o ano de 2014 está com a tendência de ser um sucesso também, o ano se mostra promissor! A empresa que foi criada em 1998 como apenas um mero sites de buscas, e a empresa foi crescendo e diversificando suas atividades, a empresa já está valendo cerca de mais de US$ 400 bilhões, ou então cerca de R$ 960 bilhões convertidos em moeda nacional.


 Este valor, está ligado à capitalização de mercado, que na verdade significam os números de ações em que esta empresa está dividida, e multiplicado pelo valor que cada uma delas valem. Foi constatado que, o Google oferece um valor de mais de 330 milhões de ações, e que são trocadas por um valor de quase US$ 1,2 mil.

Temos que destacar que, o valor de capitalização de mercado não é similar, e diferente de “valor de marca” divulgados em vários rankings.

Devido a constante valorização de suas ações, o Google já está começando a pressionar a gigante Apple e, com isso tentar assumir o posto da empresa de tecnologia, mais famosa e valiosa do mundo.


Vale lembrar que, a capitalização da Apple a famosa marca da maçã está avaliado em um valor de US$ 484 bilhões, já superando o valor de trilhões de Reais. Na nossa moeda brasileira a Apple tem um valor de R$ 1,15 trilhão.

A marca distancia o Google de outra empresa bem famosa no Brasil e no mundo, uma referência ou seja a Microsoft. Por muito tempo, por vários anos estas empresas ficaram juntas no ranking, mas a poderosa empresa de buscas Google finalmente conseguiu abrir uma vantagem, deixando a empresa criadora do Windows, a Microsoft com todos os seus US$ 312 bilhões (Na moeda nacional brasileira cerca de R$ 744 bilhões) para trás, e a tendência é que essa vantagem numérica aumente mais!