O que é e-commerce?

O e-commerce faz parte de nossas vidas, e do nosso dia-a-dia, mesmo que você não perceba, mas sim, está presente em todo lugar, em seu bairro na sua cidade!

E nestes últimos anos tem apresentado uma enorme evolução, principalmente nas áreas de informática e eletrônicos em geral, e a tendência é que neste ano de 2014, cresça ainda mais, isso é óbvio graças a Copa do Mundo. Mas o que é e-commerce?

 Em meados da década de 90, a realidade pontocom(.com) começou a mostrar-se muito forte. De fato, a internet aparecia para fazer muito sucesso, e isso levou milhares de empresas a apostar nessa modalidade. O maior destaque foi para as lojas virtuais, chamadas de e-commerce.

Elas, hoje, movimentam centenas de milhões de dólares anualmente, e esse número só cresce. No Brasil, as pessoas ainda têm certa resistência, mas mesmo assim o número de clientes que aderem ao ideal está aumentando exponencialmente, ano após ano.

A definição dessa palavra inglesa é loja virtual, como vimos, mas para responder o que é e-commerce, certamente precisamos entender seus variados tipos e como funcionam. Afinal, como após utilizar o cartão de crédito na web, o produto vem até a minha casa?

Confira!



Como funciona o e-commerce?

As empresas perceberam que a melhor maneira de alcançar públicos qualificados não era por panfletos ou outdoors. Pelo contrário, essa política está mudando. Apesar de ainda haver espaço para o marketing tradicional, é muito mais fácil e rentável já fazer publicidade na web, para vender produtos por ela mesma.

Como assim? Simples: ao introduzir banners, por exemplo, basta que você clique sobre ele e já realize a sua compra. Muito mais rápido e prático. É, também, mais fácil mensurar; ou seja, as empresas sabem de onde veio a venda, e podem investir nos veículos mais rentáveis. Com isso, o investimento cresce cada dia mais.

Qual brasileiro com acesso à internet nunca comprou um produto nas Americanas ou Submarino (B2W), PontoFrio, Saraiva...? A porcentagem está baixando bastante, e isso é bom, pois os e-commerces só têm a acrescentar em nossas vidas.

Ao realizar a compra, o pedido bate no sistema, e esse vai para as pessoas que cuidam do estoque e envio pelos Correios. Resumindo: está tudo muito fácil e automatizado. Basta ter espaço para estoque, e pronto: já é capaz de vender pela internet.

Nós, consumidores, ganhamos o quê como benefício? Confira abaixo as vantagens dos e-commerces!


1# - Maior conforto


O dia pode estar chuvoso e com temperatura baixíssima; ou você pode estar com o carro quebrado sem chances de ir às compras; ou, ainda, apresentar problemas para encontrar nas redondezas os produtos que deseja. Com a internet, todos esses obstáculos estão mais do que resolvidos!

Tudo que você precisa fazer é ligar seu computador, pesquisar pelo o quer comprar e utilizar seu cartão de crédito. Em casa, de pijama, você já terá encomendado o que tanto deseja! Simples, não?

2# - Maior economia

Em lojas físicas, fica difícil para o consumidor pesquisar preços. Leva muito tempo entrar de loja em loja para verificar os preços! Além disso, é desconfortável, não é mesmo? Cansativo, também.

Mas na internet, você pode pesquisar pelo preço do mesmo produto em dezenas de lojas diferentes, utilizando poucos minutos do seu dia. É muito fácil de alcançar as melhores promoções e descontos!

3# - Possibilidades inimagináveis


Hoje, você pode comprar produtos de qualquer parte do Mundo. Importar da China está se tornando uma prática para lá de espetacular e rentável. Há muitos profissionais que ganham dinheiro trabalhando com dropshipping, ou seja, revenda de produtos chineses. Esse é o caso do Caio Ferreira.

Você pode conferir um pouco de sua trajetória, clicando aqui.

Sucessos!